Ata Número Oitenta e Sete

Aos vinte e cinco dias do mês de junho de dois mil e treze, pelas vinte e uma horas e trinta minutos, reuniu em sessão ordinária, a Assembleia de Freguesia de Santiago, no edifício da Sede de Freguesia, com a seguinte ordem de trabalhos:

Ponto um: Proposta de revisão do Orçamento e do Plano Plurianual de Investimentos do ano de 2013.

Pelo Presidente de Mesa da Assembleia, o Sr. António Manuel Duarte Borges, foi aberta a sessão, após ter saudado e verificado a presença dos membros da Assembleia, a Sra. Beatriz Fernanda Madeira Lopes, 1ª secretária, os vogais Sr. Joel José Rodrigues Moreira Ramires, Sr. António Júlio Dias Ferreira e Sr. Rogério Nunes Ribeiro, estando ausente o Sr. Vitor Manuel Vidas Gomes, 2º secretário, e o Sr. José Abrantes Madeira. Em representação do Executivo da Freguesia esteve presente o seu Presidente o Sr. José Alberto Amaral Abrantes.

No período antes da ordem do dia, foi aprovada por unanimidade a ata da sessão anterior. Foi dada a palavra ao Sr. Joel Ramires, que se pronunciou sobre a obra do ringue polidesportivo, questionando se  o empreiteiro já deu a obra como concluída, dizendo ainda que se assim for, no seu entender esta é “um bocado de cimento desnivelado com tinta” podendo a Freguesia ser responsabilizada por algum acidente que ali ocorra. Questiona o Executivo o que pensa fazer sobre esta questão. Questiona ainda, se a Avenida Nossa Senhora da Conceição, na Folgosa do Salvador, e a Avenida General Lopes da Silva vão ser reparadas, e se o Município de Seia já se pronunciou sobre este assunto. O Sr. António Júlio Ferreira, enalteceu o Executivo pela limpeza da Fonte de São João Baptista, na Folgosa da Madalena, sugerindo a colocação de um tubo de drenagem das águas pluviais na mesma, questiona se há alguma previsão para o alcatroamento do Caminho do Ribeiro do Porto, na mesma localidade, e que na Avenida Henrique Lopes Ferrão, existe uma lomba proveniente de trabalhos realizados na mesma que danifica os veículos que por ali passam. Referiu ainda a falta de alcatrão junto á Urbanização Vale do Melo, entre o lancil e a estrada.O Sr. Rogério Ribeiro diz que as questões que levanta são as mesmas que constam na ata anterior. O Sr. António Borges informa, que a titulo pessoal, pediu a colocação de um ecoponto na Vila Branca à vereadora Municipal, solicitando ao Executivo o reforço deste pedido.

O presidente do Executivo passou a responder às questões do Sr. Joel Ramires dizendo que há conhecimento quanto ao estado do ringue e que também mais pessoas fizeram o mesmo reparo, mas para se solucionar este problema só se pode atuar sobre a obra após um parecer técnico o qual já foi solicitado a duas empresas qualificadas para tal. Relativamente à Avenida General Lopes da Silva, o Município prometeu o arranjo da mesma, e quanto à Avenida Nossa Senhora da Conceição, na Folgosa do Salvador, informa que a Câmara Municipal se prometeu melhorar o piso. Passando a responder às questões levantadas pelo Sr. António Júlio, o Executivo diz que a sugestão de se colocar um tubo de drenagem na Fonte de São João Baptista é boa, mas não favorece o embelezamento do local e que se pode solucionar o problema mantendo a limpeza desta todos os anos. Quanto ao Caminho do Ribeiro do Porto, informa que o Município não a considera prioritária pelo que o seu alcatroamento não será possivel para já. Quanto às questões do Sr. Rogério Ribeiro, o Presidente do Executivo diz que estas não estão esquecidas.

Ainda no período antes da ordem do dia, o Presidente do Executivo informa todos os membros presentes na Assembleia, que o Sr. José Alberto Silva Oliveira, residente em Maceira, foi nomeado almotacel desde vinte e quatro de junho a oito de setembro deste ano.

Passando ao Período da Ordem do Dia, o Executivo passa a explicar a proposta de Revisão do Orçamento e do Plano Plurianual de Investimentos para o ano 2013. Não havendo dúvidas por parte dos membros da Assembleia, estas foram votadas e aprovadas por unanimidade.

Nada mais havendo a tratar foi encerrada a sessão da qual se lavrou a presente acta que depois de lida e aprovada vai ser assinada pelo Presidente da Mesa, por mim, primeira secretária, que a elaborei e por todos os membros presentes nesta Assembleia.